UTILIZAÇÃO DO MÉTODO SEMI-EMPÍRICO PM7 PARA CARACTERIZAÇÃO DO FÁRMACO ATALURENO: HOMO, LUMO, MESP

Márcia Machado Marinho, Rondinelle Ribeiro Castro, Emmanuel Silva Marinho

Resumo


O conhecimento da estrutura tridimensional de um fármaco é de fundamental importância, pois a partir de descritores energéticos e estruturais, é possível analisar a interação da substância com seu alvo biológico. Os métodos semiempíricos utilizam parâmetros e ajustes matemáticos para o entendimento das propriedades estruturais e eletrônicas de uma molécula. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar a molécula do fármaco Atalureno, utilizando o método semiempírico PM7 (Parametric Method 7), agregando a essa caracterização descritores disponíveis em repositórios de moléculas biológicas. A metodologia consistiu em otimizar a estrutura do Atalureno e obter parâmetros energéticos como energia total, energia nuclear, energia eletrônica, energia dos orbitais moleculares de fronteiras HOMO e LUMO, utilizando o programa MOPAC configurado para realizar método semiempírico PM7. Para correlacionar estrutura e reatividade da molécula, foram utilizados os valores dos orbitais de fronteira para calcular o GAP. Os resultados mostraram as regiões de maior nucleofilicidade nos átomos de Oxigênio (O1, O3, O11) e a região mais eletrofílica, no anel composto pelos átomos de Carbono (C13, C14, C15, C16, C17, C18). Observamos, também, uma pequena variação nos valores dos GAP´s, indicando uma alta reatividade para a molécula do Atalureno. Concluímos, portanto, que o presente trabalho constitui uma etapa inicial para o melhoramento do fármaco Atalureno, pois a partir do completo entendimento das características que influenciam a reatividade do composto, é possível iniciar o planejamento de novos compostos através de modificações estruturais.

Palavras-chave


Método semiempírico. Atalureno. HOMO.LUMO.MESP.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMSTEAD, N. G.; HWANG, P. S.; PINES, S.; Moon, Y. C.; TAKASUGI, J. J. WO Patent 2008030570A1, 2008.

ARROIO, A.; HONÓRIO, K. M.; DA SILVA, A. B. F. Propriedades Químico Quânticas Empregadas em estudos das relações estrutura−atividade.

Química Nova, v. 33, n. 3, p. 694-699, 2010.

DEWAR, M.J.S.; ZOEBISCH E.G.; HEALY E.F.; STEWART J.J.P. AM1: A new general purpose quantum mechanical molecular model”. J. Am. Chem. Soc., v. 107, p. 3902-3909, 1985.

GUPTA, P. K.; HUSSAIN, M. K.; ASAD, M.; KANT, R.; MAHAR, R.; SHUKLA, S. K.; HAJELA, K. A metal-free tandem approach to prepare structurally diverse N-heterocycles: synthesis of 1, 2, 4-oxadiazoles and pyrimidinones. New J. Chem., v. 38, 2014.

HIBBS D.E.; OVERGAARD J.; PLATTS J.A.; WALLER M.P.; HURSTHOUSE M.B. Experimental and theoretical charge density studies of tetrafluorophthalonitrile and tetrafluoroisophthalonitrile. Journal Physical Chemistry B, v. 108, n. 11, p.3663–3672, 2004.

JENSEN F. Introduction to Computational Chemistry. England, Wiley Publisher, 2007.

LENTINI, L.; MELFI, R.; DI LEONARDO, A.; SPINELLO, A.; BARONE, G.; PACE, A.; PALUMBO PICCIONELLO, A.; PIBIRI, I. Toward a rationale for the PTC124 (Atalureno) promoted readthrough of premature stop codons: a computational approach and GFP-reporter cell-based assay. Mol. Pharm., v.11,n. 3, 2014.

LEWARS, E. Computational Chemistry: Introduction to the Theory and

Applications of Molecular and Quantum Mechanics. New York: Kluwer Academic Publishers, 2004.

STEWART, J. J. . MOPAC2016, Version: 16.111W,.2016.

PETRUCCI R.H.; HARWOOD W.S.; HERRING, F.G.; MADURA J.D., General Chemistry: Principles & Modern Applications. New Jersey: Pearson Education Inc., 2007.

POLITZER, P.; MURRAY, J. The fundamental nature and role of the electrostatic potential in atoms and molecules, Theor. Chem. Acc., v.108, p.134–142, 2002.

PRABAVATHI, N.; NILUFER, A.; KRISHNAKUMAR, V. Vibrational spectroscopic (FT-IR and FT-Raman) studies, natural bond orbital analysis and molecular electrostatic potential surface of Isoxanthopterin. Spectrochimica Acta Part A: Molecular and Biomolecular Spectroscopy, v. 114, p. 101–113, 2013.

REED A.E.; WEINHOLD F. Natural Population Analysis. J. Chem. Phys, n.83, p. 1736–1740, 1985.

SANT’ANNA, C. M. R. Métodos de modelagem molecular para estudo e planejamento de compostos bioativos: Uma introdução. Revista Virtual de Química. n. 1, v. 1, p. 49-57, 2009.

SEMINARIO, J.M. Recent Developments and Applications of Modern Density Functional Theory. Amsterdam: Elsevier, 1996.

STEWART, J. J. P. Optimization of parameters for semiempirical methods l .Method. J. Comput . Chem., v.10(2), p.209, 1989.

YEARLEY, E.J.; ZHUROVA, E.A.; ZHUROV, V.V.; PINKERTON, A.A. Experimental electron density studies of non-steroidal synthetic estrogens: diethylstilbestrol and dienestrol. J. Mol. Struct., p.240–248, 2008.




Direitos autorais 2017 Revista Expressão Católica Saúde


ISSN: 2525-8540 | eISSN: 2526-964X

Indexadores
Este periódico está licenciado sobre a Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações CC BY-ND. Mais detalhes na página da licença