CRIANÇAS E ADOLESCENTES ÓRFÃOS: UM ESTUDO SOBRE A INFLUÊNCIA DA ORFANDADE NO PROCESSO DE FORMAÇÃO PSICOSSOCIAL E DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE

André Roberto de Lima Neto, Me. Júlio César Ischiara

Resumo


O presente estudo tem por objetivo investigar as influências conflituosas no desenvolvimento psicossocial de sujeitos órfãos de pai. Segundo diversos trabalhos que discutem a orfandade paterna, a ausência do genitor pode gerar situações aversivas de caráter psicossocial, de acordo com cada fase do desenvolvimento que o indivíduo se encontra. Participaram da pesquisa três adolescentes órfãos de pai, sendo que os mesmos foram entrevistados de forma individual com a finalidade de investigar por meio de pesquisa qualitativa descritiva, a orfandade e os fenômenos decorrentes da ausência da figura paterna em quatro diferentes temáticas: Aspectos do desenvolvimento infantil; Participação dos genitores no desenvolvimento; Relacionamento filho-pai; Avaliação do relacionamento com a família. Os conteúdos manifestos foram examinados pela técnica de análise de discurso. O estudo revelou que a ausência paterna afeta o desenvolvimento emocional de tal forma que os participantes da pesquisa expressam emoções regressivas na busca de reorganização psíquica, assim como pode vir acontecer durante a transição para fases posteriores ao longo da vida.

Palavras-chave


Desenvolvimento humano. Orfandade paterna. Relações sociais.

Texto completo:

PDF

Referências


BADINTER, E. O mito do amor materno: Um amor conquistado. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BIASOLI-ALVES, Z. M. M. Pesquisando e intervindo com famílias de camadas diversificadas. In: ALTHOFF, C. R.; ELSEN, I.; NITSCHKE, R. G. Pesquisando a família: olhares contemporâneos. Florianópolis: Papa-livro, 2004.

CAVALCANTE, R. O mundo do pai: mitos, símbolos e arquétipos. São Paulo: Cultrix, 1995.

CÚNICO, S. D; ARPINI, D. M. A Família em Mudanças: Desafios para a Paternidade. In: COMPARATO, M. C. M.; MONTEIRO, D. S. F. A criança na contemporaneidade e a psicanálise: Vol. I Família e sociedade: diálogos interdisciplinares. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001.

EIZIRIK, M.; BERGMAN, D. S. Ausência paterna e sua repercussão no desenvolvimento da criança e do adolescente: um relato de caso. Revista de Psiquiatria, 26 (3), 330-336, 2004.

ERIKSON, E. H. Infância e Sociedade. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar editores, p.116, 1987.

FELDMAN, R.; KLEIN, P. S. Toddlers self-regulated compliance to mothers, caregivers and father: implications for theories of socialization: Developmental Psychology, 39, 680-692, 2003.

MINUCHIN, S. Famílias: Funcionamento e tratamento. Porto Alegre: Artes Médicas, p.57, 1990.

MORAES, M. L. Q. A estrutura contemporânea da família. In: COMPARATO, M. C. M.; MONTEIRO, D. S. F. A criança na contemporaneidade e a psicanálise: Vol. I, Família e sociedade: Diálogos interdisciplinares. São Paulo: Casa do Psicólogo, p.20, 2001.

OSÓRIO, L. C. Família hoje. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

PETRINI, J. C. Mudanças sociais e familiares na atualidade: Reflexões à luz da história social e da sociologia. 8. ed. São Paulo: Memorandum, p.22, 2005.

PINO, A. Constituição e modos de significação do sujeito no contexto da pré-escola. In: PEDROSA, M. I. Investigação da criança em interação social. Recife: Ed. Universitária, 1996. (Coletâneas da ANPEPP, n. 4).

RABELLO, E. T.; PASSOS, J. S. Erikson e a teoria psicossocial do desenvolvimento. Disponível em: . Acesso em: 01 jul. 2015.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: Métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1989.

ROHDE, L. A. et al. A função paterna no desenvolvimento do bebê. Porto Alegre (RS): Revista de Psiquiatria, 1991.

SGANZERLA, I. M.; LEVANDOWSKI, D. C. Ausência paterna e suas repercussões para o adolescente: Análise da literatura. Psicologia em Revista, p. 33, 2010.

SINGLY, F. O nascimento do “indivíduo individualizado” e seus efeitos na vida conjugal e familiar. In: PEIXOTO, C. E. Cols. Família e individualização. Rio de Janeiro: FGV, 2000.

SIGOLO, S. R. R. L. Favorecendo o desenvolvimento infantil: ênfase nas trocas interativas no contexto familiar. In: MENDES, E. G.; ALMEIDA, M. A.; WILLIAMS, L. C. A. Temas em Educação Especial: avanços recentes. São Carlos (SP): Edufscar, 2004.

VERÍSSIMO, R. Desenvolvimento psicossocial. Porto: Faculdade de Medicina do Porto, p. 25, 2002.




Direitos autorais 2017 Revista Expressão Católica Saúde


ISSN: 2525-8540 | eISSN: 2526-964X

Indexadores
Este periódico está licenciado sobre a Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações CC BY-ND. Mais detalhes na página da licença