AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLÓGICA DA ÁGUA DE POÇOS PROFUNDOS DA MACRORREGIÃO DE MACIÇO DO BATURITÉ-CE

Hudson Pimentel Costa, Maria Gomes Pereira Gildo, Rogério Nunes Santos

Resumo


O uso de poços profundos é uma maneira antiga de obtenção de águas subterrâneas, e acreditava-se que este tipo de água seria naturalmente protegidos de contaminantes. No entanto, os estudos mostraram que existem vários fatores que podem influenciar a qualidade das águas subterrâneas. A qualidade da água é de grande importância para a saúde pública. No Brasil, por exemplo, o Ministério da Saúde (MS), pela Portaria nº 2.914, de 2011, estabeleceu normas a fim de qualificar a água potável, ou seja água consumível para o ser humano. Este estudo teve como objetivo avaliar água s de poço da macrorregião do Maciço de Baturité - CE. Neste trabalho, foi realizada uma análise da qualidade microbiológica e físico-química dos poços de água de diferentes regiões do Maciço de Baturité - CE, onde todas as amostras estavam em desacordo com a legislação atual, portanto, caracterizando-se imprópria para consumo humano.

Palavras-chave


Qualidade da Água. Poços Artesianos. Água Subterrânea.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigilância e controle da qualidade da água para consumo humano. Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, p. 212, 2011.

COLVARA, J. G.; LIMA, A. S.; SILVA, W. P. Avaliação da contaminação de água subterrânea em poços artesianos no sul do Rio Grande do Sul. Braz. J. Food Technol., II SSA, jan. 2009.

FRACALOSSI JÚNIOR, M. Aspectos da Hidrogeologia num Enclave Úmido do Semi-Árido Nordestino: Serra de Baturité-Ceará-Brasil. In: 1 ST JOINT WORLD CONGRESS ON GROUNDWATER, ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil, p.18, 2000.

MARENGO, J. A. Água e mudanças climáticas. Estudos Avançados, v. 22, n. 63, p. 83-96, 2008.

Marques, P. C. M. N.; Silva, E. R. M.; Barbosa, I. C. C.; Souza, E. C.; Silva, A. S. Determinação de Turbidez, Sólidos Totais Dissolvidos e Condutividade Elétrica da Água de Poços Artesianos no Município de Ananindeua – Pa. 14° Encontro De Profissionais Da Química Da Amazônia: Atuação Dos Profissionais Da Química Frente Aos Desafios Atuais, 2008.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria nº 2914, de 12 de dezembro de 2011. Controle e Vigilância da Qualidade da água.

MOURA, Marisa H.G. BUENO, R. M; MILANI, Ideal C. B.; COLLARES, G. L. Análise das águas dos poços artesianos do campus CAVG – UFPEL. 2° Mostra de trabalhos de tecnologia ambiental. Rio Grande do Sul: Pelotas, 2009.

PALUDO, D. Qualidade da Água nos Poços Artesianos do Município de Santa Clara do Sul. CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CURSO DE QUÍMICA INDUSTRIAL. Lajeado, 2010, 75p. Trabalho de Conclusão de Curso, Bacharel em Química Industrial. Centro Universitário Univates, Lajeado, 2010.

PRADO, V. Maciço De Baturité: Plano De Desenvolvimento Regional. Governo do Estado do Ceará Secretaria do Desenvolvimento Local e Regional Projeto de Desenvolvimento Urbano e Gestão de Recursos Hídricos do Estado do Ceará / PROURB, Fortaleza, 2004.

SABESP. Poços Artesianos. Disponível em: . Acesso em: 15 de Abril de 2016.

SILVA, F. J. A.; ARAÚJO, A. L.; SOUZA, R. O. Águas subterrâneas no Ceará – poços instalados e salinidade. Rev. Tecnol. Fortaleza, v. 28, n. 2, p. 136-159, dez. 2007.

SILVA, R. C. A.; ARAÚJO, T. M. Qualidade da água do manancial subterrâneo em áreas urbanas de Feira de Santana (BA). Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 8, n. 4, p. 1019‑1028, 2003.




Direitos autorais 2017 Revista Expressão Católica Saúde


ISSN: 2525-8540 | eISSN: 2526-964X

Indexadores
Este periódico está licenciado sobre a Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações CC BY-ND. Mais detalhes na página da licença