ADESÃO AO USO DE PSICOATIVOS POR PACIENTES DIAGNOSTICADOS COM TRANSTORNOS DEPRESSIVOS

Tacyanna Vieira Lima, Maria da Conceição Matos Germano, Jéssica Pereira Carvalho, Jamilly Lorrany dos Santos Lima, José Márcio Machado Batista

Resumo


A depressão é uma doença crônica, prejudicando os aspectos familiar, social e profissional, podendo levar ao suicídio, portanto, é considerada uma condição de saúde grave. Sendo a farmacoterapia a intervenção mais utilizada, reconhece que a falta de adesão ao tratamento medicamentoso é um grande problema para o sistema de saúde mundialmente. A adesão ao uso de psicoativos está ligada a fatores relacionados ao paciente, aos profissionais de saúde e a própria terapia. É importante o paciente conhecer os fatores envolvidos na terapia medicamentosa para prevenir os agravos. Objetiva-se com essa pesquisa avaliar a adesão ao uso de psicoativos por pacientes com transtorno depressivo de modo a mensurar a mesma e identificar os principais problemas relacionados a não adesão da farmacoterapia instituída. O estudo será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa do Centro Universitário Católica de Quixadá (CEP-UniCatólica) através da Plataforma Brasil. Trata-se de um estudo retrospectivo, transversal, descritivo, abordagem quali-quanti. Fundamentado nos dados coletados através de um formulário estruturado, em função da adesão ao tratamento medicamentoso para depressão dos pacientes cadastrados e ativos, diagnosticados com transtorno depressivo, maiores de 18 anos e fazendo uso de antidepressivos, atendidos no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do município de Quixadá, Ceará. A análise dos dados será realizada em dezembro de 2016, utilizando o programa Epi Info 7.1.5. Os resultados serão apresentados na unidade para os pacientes e equipe de saúde em caráter educativo após a conclusão do estudo, afim de otimizar o cuidado ao paciente provendo remissão dos sintomas e melhor qualidade de vida.


Texto completo:

PDF


ISSN: 2358-9124

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.