A ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA AO PACIENTE PORTADOR DE LITÍASE BILIAR DIAGNOSTICADA DURANTE A GESTAÇÃO

Ianna Guimarães Damasceno, Viviane Teixeira da Franca, Yane Caroline dos Santos Paiva, Ana Karoliny Bernades da Rocha, Liene Ribeiro de Lima

Resumo


A litíase biliar é um importante problema de saúde, sendo prevalente em mulheres obesas, principalmente em idade fértil, e que já tiveram mais de uma gestação. A formação de litíase biliar durante a gestação ocorre devido a causas concomitantes e distintas, como o aumento da produção de bile, e aumento da sua liberação objetivou-se com esse estudo aplicar a assistência farmacêutica a uma paciente puérpera portadora de litíase biliar. Trata-se de um estudo de caso de natureza descritiva, desenvolvido com uma paciente K. F. S. portadora de Litíase Biliar, mediante aplicação de uma entrevista e em seguida uma análise dos exames laboratoriais, para auxiliar na descrição do seu caso clinico. O processo da assistência farmacêutica aplicada a paciente com litíase biliar, baseou-se na análise dos dados coletados segundo bibliografia referente à temática. Foram obedecidos os aspectos éticos exigidos na Resolução 466/12. Paciente teve o diagnóstico de Litíase biliar durante o período da gravidez e durante essa fase, não foi efetuada nenhuma intervenção cirúrgica, somente orientação acerca da dieta alimentar adequada e medicações sintomatológicas para dores e desconforto abdominal. No momento da pesquisa, paciente encontra-se na recuperação pós-parto para realização de uma colecistectomia. O planejamento e as intervenções foram realizados com base nos diagnósticos e constatou-se que a utilização da Assistência Farmacêutica durante acompanhamento do pré-natal, muito contribui para traçar um plano de cuidados à paciente, ajudando a entender e contribuindo assim com sua qualidade de vida.


Texto completo:

PDF


ISSN: 2358-9124

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.