PARASITOSES E INFECÃO URINÁRIA EM GESTANTES E PUÉRPERAS ACOMPANHADAS POR UMA ASSOCIAÇÃO FILANTRÓPICA

Hevilla Suelen Teixeira Tavares, Dayse Aparecida de Oliveira Braga, Leandro de Lima Vasconcelos, Sandna Larissa Freitas dos Santos, Francisco Hallysson da Silva Barros, Regilane Matos da Silva Prado

Resumo


A gestação constitui um período de grandes transformações e adaptações tanto para o feto como para o organismo que o acolhe, garantindo o crescimento e desenvolvimento do feto e preparação para o período pós-parto. As infecções por parasitas continua elevada no Brasil, e como a maioria é transmitida por via fecal-oral a partir de fezes humanas predominam em ambientes com condições precárias de higiene, habitação, saneamento básico e alimentação, onde as mais prevalentes são ancilostomíase, ascaridíase, enterobíase, estrongiloidíase, himenolepíase, teníase e tricuríase.

Texto completo:

PDF


ISSN: 2358-9124

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.