PEELINGS QUÍMICOS: CONTRAINDICAÇÕES E COMPLICAÇÕES DERMATOLÓGICAS

Sandna Larissa Freitas dos Santos, Karla Bruna Nogueira Torres Barros, Emanuel Patrício Castelo Branco, Hévilla Suelen Teixeira Tavares, Carlos Eduardo Quirino Paiva, Cinara Vidal Pessoa

Resumo


O peeling químico consiste no uso de uma ou mais substâncias químicas esfoliantes, que se alcança a destruição controlada de porções da epiderme e/ou derme e promove subsequentemente sua regeneração com indicação principal para restauração o fotoenvelhecimento, incluindo as queratoses, melanoses actínicas, rítides, melasmas, perda da elasticidade da pele, acne ativa e cicatricial.

Texto completo:

PDF


ISSN: 2358-9124

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.