UMA ARQUITETURA DESVALORIZADA: A CASA VERNÁCULA DOS SÉCULOS PASSADOS NA PAISAGEM URBANA DO PRESENTE

Antonio Auriseu Nogueira Pinheiro, Moisés Rocha Farias

Resumo


O acervo arquitetônico constituído por casas vernáculas construídas nos séculos passados existente na cidade de Solonópole foi o objeto de estudo escolhido para a pesquisa. Essa arquitetura pouco valorizada possui traços peculiares que revelam características adaptadas do contexto europeu português para a realidade brasileira, levando em consideração a disponibilidade dos materiais da região e principalmente o clima quente característico do lugar. Para a análise desta arquitetura foi realizado inicialmente um estudo bibliográfico do tema, abordando conceitos da Arquitetura Chã portuguesa, Arquitetura Colonial brasileira e Arquitetura Vernacular cearense, além  uma análise histórica da cidade, incluindo a realização de entrevistas e aquisição de fotos antigas e documentos, posteriormente foi realizado um levantamento quantitativo das casas existentes no município que foram construídas entre a o ano de 1820 à 1920, depois uma classificação dessas edificações quanto ao estado de conservação e preservação, à forma de uso desses edifícios,  bem como uma análise de algumas características arquitetônicas dessas habitações.


Texto completo:

PDF

Referências


FEIJÓ, Paulo Heider Forte. A arquitetura tradicional de acari no século XIX: estudo comparativo entre a casa-grande de fazenda e a casa urbana. Natal. 2002. Disponível em: . Acesso em: 11 de set. 2015

PINHEIRO, Francisco Dantas. Solonópole. Fortaleza: Editora ABC. 2009.

SOUZA, Marcelo Lopes de. ABC do desenvolvimento urbano. 3. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2003.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.