UMA ANÁLISE DA CULTURA NACIONAL DO “JEITINHO BRASILEIRO”

Francisca Michelly Fernandes Rodrigues, Kátia Gardênia Coelho

Resumo


O trabalho foi elaborado com o intuito de analisar “o jeitinho”, atitude que enraizou-se de uma forma perigosa na cultura do povo brasileiro, qualquer pessoa saberia dar um conceito para essa expressão, uma grande parte dessa maioria daria um conceito negativo, porém iremos analisar também o seu lado positivo. Com as dificuldades do dia-a-dia temos uma constante tentação de lesar alguma lei ou de segui-la em partes, principalmente nas que nos favorece. Não existe a possibilidade de um país se desenvolver quando a corrupção é quase que generalizada. A inversão de valores se instaurou de uma forma tão crítica que quando vemos pessoas agindo da forma correta, seja agindo com gentileza, seja devolvendo dinheiro que foi encontrado, ou sendo justo, há uma certa admiração e espanto dos demais, porque atualmente fazer o errado ficou normal e fazer o certo virou fato fora do comum. Também existe uma visão positiva desse comportamento, poderíamos analisar sobre uma ótica em que o povo brasileiro não se entrega ao primeiro obstáculo, vemos diariamente pessoas que lutam para sobreviver, para ter seu espaço perante a sociedade e nas adversidades surgem grandes atitudes. Não damos o jeitinho somente para ganhar vantagens, mas também para superar grandes desafios. Iremos analisar o Índice de Percepção da corrupção e fazer um comparativo com o ano de 2014 e 2015. O jeitinho brasileiro percorre em duas linhas, o que ajuda o brasileiro a atravessar suas dificuldades e vencer e a linha que prejudica o meio social “beneficiando” ligeiramente o causador do ato.

A História do jeitinho. Disponível em: <http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/a-historia-do-jeitinho-brasileiro.html>. Acesso em: 01 de out. 2016.

 

BARBOSA, Lívia. O jeitinho brasileiro – a arte de ser mais igual que os outros. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

 

Como combater a corrupção (Site BBC). Disponível em: <http://www.bbc.com/portuguese/forum/020902_corrupcaoforum1.shtml>. Acesso em: 06 de out. 2016.

 

CORTELLA, Mario Sergio. Entrevista à Redação do Responsabilidade Social.com Disponível em: <http://www.responsabilidadesocial.com/entrevista/mario-sergio-cortella/>. Acesso em: 04 de out. 2016.

 

DAMATTA, Roberto. O jeitinho brasileiro. Disponível em: <https://maniadehistoria.wordpress.com/o-jeitinho-brasileiro/>. Acesso em: 03 de out. 2016.

 

DAMATTA, Roberto. Utiliza esta frase no prefácio que escreveu no livro de sua orientanda em

Doutoramento Lívia Barbosa, intitulado O jeitinho brasileiro – a arte de ser mais igual que os outros.

 

DAMATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis. Disponível em: <http://www.usp.br/cje/anexos/pierre/DAMATTARobertoCarnavaismalandroseherois.pdf>. Acesso em: 06 de out. 2016.

 

História Zé Carioca. Fonte: Wikipédia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Z%C3%A9_Carioca>. Acesso em: 03 de out. 2016.

 

Índice de Percepção de Corrupção. Fonte: Wikipédia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%8Dndice_de_Percep%C3%A7%C3%A3o_de_Corrup%C3%A7%C3%A3o>. Acesso em: 05 de out. 2016.

 

Lei de Gerson. Disponível em: <http://www.infoescola.com/curiosidades/lei-de-gerson/>. Acesso em: 03 de out. 2016.

 

QUEIROZ, Paulo. Professor Universitário (UniCEUB) e Procurador Regional da República em Brasília. Texto: A corrupção. Disponível em: <http://www.pauloqueiroz.net/corrupcao/>. Acesso em: 05 de out. 2016.

 

Significado de Corrupção. Disponível em: <https://www.significados.com.br/corrupcao/>. Acesso em: 03 de out. 2016.


Texto completo:

PDF

Referências


A História do jeitinho. Disponível em: . Acesso em: 01 de out. 2016.

BARBOSA, Lívia. O jeitinho brasileiro – a arte de ser mais igual que os outros. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

Como combater a corrupção (Site BBC). Disponível em: . Acesso em: 06 de out. 2016.

CORTELLA, Mario Sergio. Entrevista à Redação do Responsabilidade Social.com Disponível em: . Acesso em: 04 de out. 2016.

DAMATTA, Roberto. O jeitinho brasileiro. Disponível em: . Acesso em: 03 de out. 2016.

DAMATTA, Roberto. Utiliza esta frase no prefácio que escreveu no livro de sua orientanda em

Doutoramento Lívia Barbosa, intitulado O jeitinho brasileiro – a arte de ser mais igual que os outros.

DAMATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis. Disponível em: . Acesso em: 06 de out. 2016.

História Zé Carioca. Fonte: Wikipédia. Disponível em: . Acesso em: 03 de out. 2016.

Índice de Percepção de Corrupção. Fonte: Wikipédia. Disponível em: . Acesso em: 05 de out. 2016.

Lei de Gerson. Disponível em: . Acesso em: 03 de out. 2016.

QUEIROZ, Paulo. Professor Universitário (UniCEUB) e Procurador Regional da República em Brasília. Texto: A corrupção. Disponível em: . Acesso em: 05 de out. 2016.

Significado de Corrupção. Disponível em: . Acesso em: 03 de out. 2016.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.