RELATO DE EXPERIÊNCIA: MONITORIA E O PLANTÃO TIRA-DÚVIDAS COMO ESTRATÉGIA DE REFLEXÃO DO PAPEL DO PSICÓLOGO NO CRAS

Meury Gardênia Lima de Araújo, Anna Paula Fagundes Bezerra

Resumo


Este trabalho consiste em um estudo descritivo sobre o relato de experiência do exercício da monitoria institucional de Práticas Integrativas V – Psicologia Social do curso de Psicologia da Unicatólica. Nestes escritos evidencia-se a necessidade de reflexão da atuação do Profissional psicólogo no âmbito do CRAS e as perspectivas que conservam os discentes do referido curso sobre o exercício da profissão e suas insatisfações com a atual conjuntura. Delineia-se um convite a refletir, no seio da academia, novas estratégias que contemplem uma psicologia reconhecida e valorizada para além do contexto clínico, ainda propagado como campo ideal de atuação da profissão em questão.


Texto completo:

PDF

Referências


CAVALCANTE, B. L. L; LIMA, U. T. S. Relato de experiência de uma estudante de Enfermagem em um consultório especializado em tratamento de feridas. J Nurs Health, Pelotas (RS), 2012, jan/jun;1(2):94-103.

Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP) Referência técnica para atuação do(a) psicólogo(a) no CRAS/SUAS / Conselho Federal de Psicologia (CFP). -- Brasília, CFP, 2007.

COSTA, Ana Flávia de Sales; CARDOSO, Claudia Lins. Inserção do psicólogo em Centros de Referência de Assistência Social - CRAS. Gerais, Rev. Interinst. Psicol. [online]. 2010, vol. 3, n. 2, p. 223-229. ISSN 1983-8220.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.