EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DO USO DA FIBRINA RICA EM PLAQUETAS EM ODONTOLOGIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Fabricio Bezerra Silva, Karlen Martins Dutra, Assis Filipe Medeiros Albuquerque, Jorge Francisco Fiamengui Filho

Resumo


Introdução: A fibrina rica em plaquetas (PRF) possui diversas aplicações na odontologia, que são relatadas por influenciar na regeneração, reparo e cicatrização tecidual, e até mesmo no remodelamento ósseo. O PRF consiste em um concentrado plaquetário obtido através da coleta de sangue autólogo, que após coletado, é submetido a um processo de centrifugação específico, resultando na obtenção de uma membrana de fibrina, rica em leucócitos e fatores de crescimentos. Foram destacados na literatura diversas áreas de aplicação clínica do PRF em Odontologia, tais como preenchimento de alvéolos, recobrimento e proteção de enxertos particulados e em bloco, elevação do seio maxilar, tratamento de membrana sinusal, tratamento de deiscência e fenestração de implantes, uso associado a fatores de crescimento, recobrimento radicular, entre outros. Objetivo: Realizar uma revisão da literatura em bases de dados eletrônicos sobre as evidências da eficácia da fibrina rica em plaquetas. Materiais e Métodos: A partir dos bancos de dados MEDLINE, PUBMED e CLINCALKEY, foi realizada de março a junho de 2016 uma revisão integrativa de trabalhos sistemáticos e longitudinais. Dois revisores independentes avaliaram os critérios de inclusão e exclusão dos artigos. Foram incluídos artigos publicados de 2011 a maio de 2016. Resultados: A busca eletrônica resultou em um total de 16 referências. Conclusões: Os estudos, em sua maioria, relataram uma aceleração do processo de cicatrização de tecido mole e diminuição da severidade das sequelas pós-operatórias imediatas em Odontologia. 


Texto completo:

PDF

Referências


BAEYENS, W.; GLINEUR, R.; EVRARD, L. The use of platelet concentrates: platelet-rich plasma (PRP) and platelet-rich fibrin (PRF) in bone reconstruction prior to dental implant surgery. Revue medicale de Bruxelles, v. 31, n. 6, p. 521-527, 2009.

DEL FABBRO, Massimo et al. Autologous platelet concentrate for post-extraction socket healing: a systematic review. European journal of oral implantology, v. 7, n. 4, 2014.

DOHAN EHRENFEST, David M. et al. Three-dimensional architecture and cell composition of a Choukroun's platelet-rich fibrin clot and membrane. Journal of periodontology, v. 81, n. 4, p. 546-555, 2010.

GIANNINI, S. et al. Comparison between PRP, PRGF and PRF: lights and shadows in three similar but different protocols. Eur Rev Med Pharmacol Sci, v. 19, n. 6, p. 927-930, 2015.

HAUSER, Fabien et al. Clinical and histological evaluation of postextraction platelet-rich fibrin socket filling: a prospective randomized controlled study. Implant dentistry, v. 22, n. 3, p. 295-303, 2013.

HEALEY, DAVID; LYONS, K. A. R. L. Evidence-based practice in dentistry. New Zealand Dental Journal, v. 98, p. 32-35, 2002.

MELNYK, Bernadette Mazurek; FINEOUT-OVERHOLT, Ellen (Ed.). Evidence-based practice in nursing & healthcare: A guide to best practice. Lippincott Williams & Wilkins, 2011.

MORASCHINI, V.; BARBOZA, E. S. P. Effect of autologous platelet concentrates for alveolar socket preservation: a systematic review. International journal of oral and maxillofacial surgery, v. 44, n. 5, p. 632-641, 2015.

OZGUL, Ozkan et al. Efficacy of platelet rich fibrin in the reduction of the pain and swelling after impacted third molar surgery: Randomized multicenter split-mouth clinical trial. Head & face medicine, v. 11, n. 1, p. 1, 2015.

SUTTAPREYASRI, Srisurang; LEEPONG, Narit. Influence of platelet-rich fibrin on alveolar ridge preservation. Journal of Craniofacial Surgery, v. 24, n. 4, p. 1088-1094, 2013.

TATULLO, Marco; MARRELLI, Massimo; PADUANO, Francesco. The regenerative medicine in oral and maxillofacial surgery: the most important innovations in the clinical application of mesenchymal stem cells. International journal of medical sciences, v. 12, n. 1, p. 72, 2015.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.