AVALIADOR E AVALIADO: AS TÉCNICAS PROJETIVAS EM SALA DE AULA E A ÉTICA PROFISSIONAL

Iara Fernandes Teixeira, Mércia Capistrano Oliveira

Resumo


A avaliação psicológica é uma área específica da psicologia, muito vasta e trabalhada atualmente, é competência exclusiva dos psicólogos e nos coloca diante de diversos contextos em que o diagnóstico é necessário, mas balizado em um processo que venha a beneficiar o sujeito sem estigmatizá-lo. A dimensão da ética perpassa por questões mais abrangentes do que as que os códigos abarcam, questões próprias da forma como cada sujeito se questiona acerca dos valores e crenças que carrega consigo. A avaliação da personalidade trabalha com os mais íntimos conteúdos e com os mais expostos, ambos dentro da dinâmica do processo de construção de uma pessoa. No caso, a pessoa em questão é um aluno, e a situação de aplicação e correção se restringe a aprendizagem, mas e quando os alunos não se dão conta das dimensões éticas envolvidas nesses processos? Buscaremos visitar a teoria e compará-la com a experiência da observação em sala de aula das aplicações e correções, sabendo que a personalidade é dinâmica e que muitos alunos ainda percebem de forma indiferente a área, devido à ausência de identificação com a prática desta. Não se fornece diagnóstico em sala de aula, mas se ensina a manusear os instrumentos, bem como a lidar com os parâmetros éticos que tanto a profissão exige, como também os autores da área. Os testes trabalhados, HTP e Palográfico, amplamente utilizados e reconhecidos na área, investigam aspectos gerais da personalidade, buscando perceber indícios psicopatológicos por meio do grafismo.


Texto completo:

PDF

Referências


ABIB, J. A. D. Epistemologia pluralizada e história da psicologia. São Paulo: Scientae studia, nº 2, v. 2, p. 195 – 208, 2009.

BANDEIRA, D. R. Repensando a formação em avaliação psicológica no Brasil. Eixo 3 – Relação com o contexto de formação. In: CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA; CONSELHOS REGIONAIS DE PSICOLOGIA. Ano da Avaliação Psicológica – Textos geradores. Brasília: CFP, 2011.

BICALHO, P. P. G. de. Ética e direitos humanos sob o crivo da avaliação psicológica: Validade e fidedignidade em questão. Eixo 2 – Avaliação psicológica em contextos institucionais. In: CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA; CONSELHOS REGIONAIS DE PSICOLOGIA. Ano da Avaliação Psicológica – Textos geradores. Brasília: CFP, 2011.

SANTOS, A. A. A. dos. O possível e o necessário no processo de avaliação psicológica. Eixo 1 – Qualificação: Critérios de reconhecimento e validação a partir dos direitos humanos. In: CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA; CONSELHOS REGIONAIS DE PSICOLOGIA. Ano da Avaliação Psicológica – Textos geradores. Brasília: CFP, 2011.

SIQUEIRA, L. S. de M; OLIVEIRA, M. A. C. O processo de avaliação psicológica. Eixo 1 – Qualificação: Critérios de reconhecimento e validação a partir dos direitos humanos. In: CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA; CONSELHOS REGIONAIS DE PSICOLOGIA. Ano da Avaliação Psicológica – Textos geradores. Brasília: CFP, 2011.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.