ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DA NITAZOXANIDA: REVISÃO DE LITERATURA

Dayse Aparecida de Oliveira Braga, Hévilla Suelen Teixeira Tavares, Francisco Hallysson da Silva Barros, Edmir Geraldo de Siqueira Fraga

Resumo


A nitazoxanida é um agente antimicrobiano de amplo espectro de ação, que possui atividade contra espécies de protozoários, helmintos e bactérias anaeróbias. Devido a seu amplo espectro de ação contra uma variedade de agentes infecciosos, tem havido interesse em avaliar a nitazoxanida como um agente potencial para o controle da saúde pública. Em face do exposto, o presente artigo objetiva avaliar a atividade antimicrobiana da nitazoxanida, identificando quais microrganismos são sensíveis à ação deste fármaco. Realizou-se um estudo do tipo exploratório, bibliográfico e descritivo, baseando-se na consulta às bases de dados LILACS, Medscape, MEDLINE, SciELO e Google Acadêmico, utilizando-se uma única palavra-chave: nitazoxanida. Foram excluídos os estudos que não mostraram em seus resultados a eficácia da nitazoxanida contra microrganismos e foram incluídos estudos que comprovaram a atividade da nitazoxanida contra bactérias, vírus, protozoários ou outros microrganismos. A nitazoxanida possui eficácia contra inúmeros microrganismos como Helicobacter pylori, Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus aureus, Staphylococcus haemolyticus, Mycobacterium tuberculosis, Cryptosporidium parvum, Giardia intestinalis, Entamoeba histolytica, Trichomonas vaginalis, Giardia lamblia, Clostridium difficile, Leishmania. (L.) infantum e contra vírus como os das hepatites B e C, HIV e H1N1. A nitazoxanida possui inúmeros mecanismos de ação contra as mais variadas espécies de microrganismos, e pode ser uma grande protagonista no tratamento das mais variadas doenças infecciosas, podendo ser utilizada sozinha ou combinada com os regimes medicamentosos já existentes.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, V. R.; CURRAN, M. P. Nitazoxanide: a review of its use in the treatment of gastrointestinal infections. Drugs, v. 67, n. 13, p. 1947-1967, 2007.

CARVALHO, L. P. S. et al. Nitazoxanide Disrupts Membrane Potential and Intrabacterial pH Homeostasis of Mycobacterium tuberculosis. ACS Medical Chemistry Letters, vol. 2, p. 849-854, 2011.

CHACÍN-BONILLA, L. Farmacoterapia actual de la amibiasis, avances en nuevas drogas y diseño de una vacuna. Investigación Clínica, v. 53, n. 3, 2012.

ELAZAR, M. et al. Nitazoxanide (NTZ) is an inducer of eIF2a and PKR phosphorylation [abstract]. Hepatology, v. 48, 2008.

GARCÍA, F. B. B. et al. Eficacia y seguridad de Nitazoxanida comparada com Albendazol en el tratamiento de Giardiasis sintomática en niños de Trujillo, Perú 2008 – 2009. Revista Científica Ciência Médica, v. 16, n. 1, 2013.

GEKONGE, B.; BARDIN, M. C.; MONTANER, L. J. Short Communication: Nitazoxanide Inhibits HIV Viral Replication in Monocyte-Derived Macrophages. Aids Research and Human Retroviruses, vol. 31, n. 2, p. 237-241, 2015.

IVERS, L. C.; RYAN, E. T. Farmacologia das Infecções e Infestações Parasitárias. In: GOLAN, David E. Princípios de farmacologia: a base fisiopatológica da farmacoterapia. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009.

KEEFFE, E. B.; ROSSIGNOL, J. F. Treatment of chronic viral hepatitis with nitazoxanide and second generation thiazolides. World Journal of Gastroenterology, v. 15, n. 15, p. 1805-1808, 2009.

MALESUIK, M. D. Nitazoxanida: desenvolvimento e validação de métodos analíticos e estudo da estabilidade. 2010. 189 f. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2010.

MCCOLL, K. E. Clinical practice. Helicobacter pylori infection. The New England Journal of Medicine, v. 362, n. 17, p. 1597-1604, 2010.

MESQUITA, J. T. Mecanismo de ação de fármacos sintéticos e associações terapêuticas em Leishmania (L.) infantum. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, São Paulo. 2013.

PHILLIPS, M. A.; STANLEY, S. L. Quimioterapia das Infecções por Protozoários: amebíase, giardíase, tricomoníase, leishmaniose e infecções por outros protozoários. In: BRUTON, L. L., CHABNER, B. A., KNOLLMANN, B. C. As Bases Farmacológicas da Terapêutica de Goodman & Gilman. 12 ed. São Paulo: Artmed, 2012. p. 1419.

RAMOS-SORIANO, A. G.; BLACK, J. Nitazoxanide Use as Part of an Empiric Multi-Drug Regimen in Treating Children with Suspected Helicobacter pylori Infection. Case Reports in Gastroenterology, v. 9, p. 36-42, 2015.

SHIGYO, K. et al. Efficacy of Nitazoxanide against Clinical Isolates of Mycobacterium tuberculosis. Antimicrobial Agents and Chemotherapy, v. 57, n. 6, 2013.

TCHOUAFFI-NANA, F. et al. Nitazoxanide Inhibits Biofilm Formation by Staphylococcus epidermidis by Blocking Accumulation on Surfaces. Antimicrobial Agents and Chemotherapy, v. 54, n. 7, p. 2767–2774, 2010.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.