A RELEVÂNCIA DA MONITORIA PARA A FORMAÇÃO ACADÊMICA DO MONITOR EM PSICOLOGIA

Cintia Paloma Lopes Lima, Julio Cesar Ischiara

Resumo


A monitoria acadêmica é um recurso de apoio pedagógico que pretende contribuir para o desenvolvimento de habilidades técnicas e intensificar o conhecimento teórico, facilitando a evolução acadêmica. Esse estudo objetiva compreender a relevância da monitoria para a formação acadêmica do monitor graduando em Psicologia, a partir de uma própria experiência prática em monitoria no ano de 2016. Objetiva ainda de forma específica, identificar os benefícios e as dificuldades no exercício da monitoria acadêmica, entender como a monitoria contribui no processo de ensino-aprendizagem dos alunos e reconhecer o pouco investimento em programas de monitoria acadêmica por parte das universidades e/ou governo. O desejo de construir este trabalho se deu a partir da experiência prática no Programa de Monitoria Acadêmica (PROMAC), na disciplina de processos psicológicos básicos, que se refere ao segundo semestre do curso de Psicologia do Centro Universitário Católica de Quixadá. A relevância desse estudo está em fornecer à população, em especial os acadêmicos, informações acerca da importância do PROMAC nas universidades, como uma ferramenta útil e necessária para a formação do aluno monitor, dos alunos monitorados e do núcleo gestor da instituição, considerando a escassez de informação sobre o assunto. A partir dos referenciais teóricos são perceptíveis de forma unânime às contribuições da monitoria acadêmica, para os alunos que estão ingressando no ensino superior a monitoria representa um olhar empático. Apesar de serem reconhecidas também as dificuldades dessa prática, sendo um dos motivos a pouca contribuição do Estado. O PROMAC para o ensino superior é um recurso complementar, de cunho não obrigatório que mostrou ser muito benéfico para a formação acadêmico-profissional do aluno monitor. Com base no estudo levantado, considera-se relevante provocar questionamentos e causar reflexões sobre a monitoria acadêmica, sobre a necessidade de leis que a tornem obrigatória no ensino superior, e melhores condições que facilitem o processo de ensino-aprendizagem.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, F. et al. Programa de monitoria acadêmica: percepções de monitores e orientadores. Revista Enferm. UERJ, Rio de Janeiro, v.14, n. 3, p. 391-397, jul./set. 2006.

BRASIL. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Disponível em . Acesso em: 1 de out. 2016.

CASTRO, J. B. Financiamento e gasto público na educação básica no brasil: 1995-2005. Educ. Soc., Campinas, v. 28, n. 100, p. 857-876, 2007.

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE QUIXADÁ. Edital nº 02/2016 processo seletivo – PROMAC. Quixadá. 2016.

CORDEIRO, A. S.; OLIVEIRA, B. P. Monitoria acadêmica: a importância para o aluno de licenciatura em química. 2011. Disponível em: . Acesso em: 2 out. 2016.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 31. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

NUNES, J. T. et al. Processo de ensino-aprendizagem no desempenho das atividades de monitoria: relato de experiência. Rev. Enferm. UFPE, Recife, v. 8, n. 3, p. 4165-4169, 2014.

RAMOS, L. A. V. et al. Plano de monitoria acadêmica na disciplina anatomia humana: relato de experiência. Ensino, Saúde e Ambiente, Macapá, v. 5, n. 3, p. 94-101, 2012.

SOARES, M. de A. A.; SANTOS, K. F. A monitoria como subsídio ao processo de ensino-aprendizagem: o caso da disciplina administração financeira no CCHSA-UFPB. 2008. Disponível em: . Acesso em: 1 out. 2016.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.