A PRODUÇÃO HABITACIONAL E A EXPANSÃO DA MALHA URBANA EM QUIXERAMOBIM: PROCESSOS E POSSIBILIDADES

Kayque Duarte Nunes da Silva, Henrique Alves da Silva

Resumo


Os esforços dos movimentos sociais na luta pela reforma urbana no Brasil construíram uma importante chave para a reversão dos problemas estruturais urbanos deste país: o princípio constitucional da função social da terra. Este conceito é estratégico para o estabelecimento de intervenções no espaço urbano por parte do planejamento habitacional. Destaca-se aqui o papel dos instrumentos do Estatuto da Cidade como meios para o combate à especulação imobiliária favorecendo a melhores condições de localização para Habitação de Interesse Social (HIS). Frente a essas colocações, o presente trabalho tem por objeto o estudo sistêmico dos processos e fenômenos específicos que se fazem presentes no contexto urbano de Quixeramobim-Ce. Tal estudo tem por finalidade reconhecer possibilidades de aplicação de instrumentos urbanos para o município analisado. Foram utilizados os levantamentos de informações censitárias mais recentes e mapeados indicadores relacionados principalmente a infraestrutura, renda e condição de posse dos domicílios. O debate é realizado sob três perspectivas de análise: a urbanização, as características e o diagnóstico da cidade. O estudo evidenciou a natureza da expansão urbana da cidade, seus principais problemas relacionados à moradia e uso do solo e apontou possibilidades para redução dos problemas analisados.

Texto completo:

PDF

Referências


FJP – Fundação João Pinheiro. Centro de Estatística e Informação / Déficit Habitacional no Brasil. Belo Horizonte. 2013.

IBGE. Censo Demográfico 2010 - Resultados da Amostra. IBGE, 2015. Disponível em . Acesso em 25 de março de 2016.

PIZA, Mariana Levy; SANTORO, Paula; CYMBALISTA , Renato. Estatuto da Cidade: uma leitura sob a perspectiva da recuperação da valorização fundiária. In.: SANTORO, Paula (Org.).Gestão social da valorização da terra. São Paulo, Instituto Pólis, 2004.

QUIXERAMOBIM (MUNICÍPIO). Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano. Secretária de Infraestrutura, 2000.

SANTOS, Milton. A Urbanização Brasileira. - 5. ed., 3. Reimpr. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2013.

SANTOS, Milton. Técnica, espaço, tempo. Globalização e meio técnico cientifico internacional. 3º edição. São Paulo: HUCITEC, 1994.

SILVA, Kayque Duarte; SILVA, Henrique Alves. Crescimento e desenvolvimento na microrregião do Sertão de Quixeramobim: a questão da habitação e o aumento populacional. Fortaleza: Mundo UNIFOR. 2015.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.