A LITERATURA DE CORDEL E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA, NO ENSINO FUNDAMENTAL II

Francisca Rayane Fernandes da Silva, Stânia Nágila Vasconcelos Carneiro

Resumo


A Literatura de Cordel é uma poesia popular em verso, com vasta riqueza simbólica e expressiva e funcionalidades sócio comunicativas, construtivas e potenciais. No âmbito escolar, especificamente no processo de ensino – aprendizagem de língua portuguesa, desempenha importante papel na formação leitora, critica e reflexiva dos alunos. A justificativa de nosso estudo alicerça-se na compreensão dessa modalidade literária como elemento rico em história, cultura, arte e informação capaz de propiciar conhecimentos importantes e descobertas surpreendentes. Nossa problemática alicerça-se no trabalho com essa literatura nas aulas de língua portuguesa, no ensino fundamental II, pois é notório o silenciamento e afastamento dessa arte literária das práticas escolares e, especificamente, da sala de aula. Objetivamos com esse estudo, fomentar a utilização da literatura de cordel nas aulas de língua portuguesa, no ensino fundamental II, visando aprendizagens singulares e experiências de leitura, escrita, escuta e oralidade enriquecedoras a alunos e professores. Para fins metodológicos desenvolvemos revisão de literatura acerca de livros, artigos, dissertações e teses cientificamente relevantes para nosso estudo. A utilização da Literatura de Cordel como objeto de estudo nas aulas de língua portuguesa, propicia mudanças significativas no processo de ensino – aprendizagem, pois propicia uma gama de possibilidades teóricas e práticas capazes de desenvolver o interesse e o envolvimento dos alunos na leitura literária. Trabalhar essa poesia popular em sala de aula é oferecer oportunidade inovadoras, experiências de leituras diferenciadas e promover o gosto pela leitura literária desse gênero e posteriormente de outros gêneros, formando leitores assíduos e proficientes.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Roberta Monteiro. Literatura de cordel: por que e para que trabalhar em sala de aula. Rev. Fórum Identidades, v. 4, p. 103-109, 2008.

ANTUNES, Irandé. Aula de português: encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

COSSON, Rildo. Letramento Literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2006.

LIMA, Arievaldo Viana (Org). Acorda cordel na sala de aula: a literatura popular como ferramenta auxiliar na educação. Fortaleza: Tupynaquim Editora / Queima – Bucha, 2006.

LUYTEN, Joseph M. O que é literatura popular. 5. ed. São Paulo: Editora brasiliense, 1992.

MENDES, Simone (Org). Cordel nas gerais: oralidade, mídia e produção de sentido. Fortaleza: Expressão Gráfica Editora,2010.

PINHEIRO, Hélder; LÚCIO, Ana Cristina Marinho. Cordel na sala de aula. Coleção literatura e ensino. São Paulo: Duas Cidades, 2001.

______. O cordel no cotidiano escolar. Coleção trabalhando com... na escola. São Paulo: Cortez, 2012.

SILVA, Josivaldo Custódio da. Literatura de cordel: um fazer popular a caminho da sala de aula. 2007. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2007.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.