USO DE CONHECIMENTOS TEÓRICO E PRÁTICO ASSOCIADOS A RECURSOS DIGITAIS COMO FERRAMENTAS DO APRENDIZADO

Maria Natália Campos Luz, Donato Mileno Barreira Filho

Resumo


A Bioquímica é o ramo da ciência que estuda a química da vida, como qualquer outra ciência moderna, depende de instrumentos sofisticados para alcançar seus objetivos. Utiliza metodologias precisas e complexas exigindo um preparo acadêmico aprofundado, fundamentado em conhecimentos teóricos e técnicos, associados a prática clínica. Na metodologia de estudos de caso, a atenção não está centrada no professor à frente da aula. Os estudantes são o centro da atenção. Assim a busca por metodologias facilitadoras do processo de aprendizagem deve ser constante. Este trabalho tem como objetivo demonstrar a importância da associação de conhecimentos teóricos à resolução de situações práticas hipotéticas através de recursos digitais na construção do aprendizado. Foi realizada uma pesquisa exploratória descritiva, através de uma revisão de literatura. As bases de dados utilizadas durante a pesquisa foram: Google Acadêmico (https://scholar.google.com.br/), Scielo (http://www.scielo.org) e a revista Brasileira de Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular disponibilizado pela SBBq (Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular). Com a conclusão da busca das pesquisas, as publicações foram lidas com o intuito de ser retirado somente pontos necessários para a construção desse trabalho científico. Foram encontradas 20 publicações nacionais. Sendo selecionados somente 12 publicações que foram utilizadas para o desenvolvimento do trabalho. Experiências vividas por alguns autores demonstram o interesse de alunos em buscar métodos de aprendizado mais modernos e menos tediosos, apesar de representar uma ótima alternativa, o uso de recursos digitais associados aos conhecimentos teóricos e práticos ainda não e muito utilizada no meio acadêmico.


Texto completo:

PDF

Referências


GOMES, K. V. G.; RANGEL, M. Relevância da disciplina bioquímica em diferentes cursos de graduação da UESB, na cidade Jequié. Rev. Saúde. Com, 2006.

GOMES, M. P. C.; RIBEIRO, V. M. B.; MONTEIRO, D. M.; LEHER, E. M. T.; LOUZA, R. C. R. O Uso de Metodologias Ativas no Ensino de Graduação nas Ciências Sociais e da Saúde – Avaliação dos Estudantes. Ciência & Educação, v. 16, n. 1, p. 181-198, 2010.

HEINZEN, R. P. S. Modelo de Ambiente Virtual para a Aprendizagem de Neuroanatomia. Tese (Doutor em Engenharia de Produção). Universidade Federal de Santa Catarina. Santa Catarina, 2004.

JESUS, A.; CRUZ, A.; GOMES, M. J. Implementação de Metodologias Blended- learning no ensino da Farmacoterapia baseado em simulações. VII Conferência Internacional de TIC na Educação, 2011.

MACHADO, M. S.; RICARDO, J.; SUGAI, J. K.; FIGUEIREDO, M. S. R. B.; ANTÔNIO, R. V.; HEIDRICH, D. N. Bioquímica através da Animação. Revista de Extensão UFSC. Ano 1. 2004.

SEBASTIANI, R. L.; ZAGO, M. K.; MANTOVANI, A.; BEZ, M. R.; BRUNO, R.; DAHMER, A.; FLORES, C. D. Ferramenta de Autoria para Construção de Casos Clínicos Interativos para Educação Médica. Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Universidade Feevale. Rio Grande do Sul, 2012.

WALL, M. L.; PRADO, M. L.; CARRARO, T. E. A experiência de realizar um estágio em Docência aplicando metodologias ativas. Acta Paul Enferm, 2008.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.