CONTRIBUIÇÕES DA MONITORIA ACADÊMICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM FISIOTERAPIA

Tiago de Araújo de Souza, Marcos Rogério Madeiro de Almeida

Resumo


A monitoria é um serviço de apoio pedagógico que visa propiciar o desenvolvimento de habilidades técnicas e aprimoramento teórico, promovendo o aperfeiçoamento acadêmico. O presente estudo objetivou investigar a percepção do aluno em relação à prática de monitoria e a influência desta no desenvolvimento das atividades de estágio. Esta pesquisa é do tipo descritivo. Foi desenvolvida no Centro Universitário Católica de Quixadá, de janeiro de 2016 á de setembro de 2016, respeitando a Resolução 466/12 para o tratamento das questões éticas implicadas. Os resultados evidenciam a prática da monitoria como uma ferramenta que facilita o desenvolvimento teórico-prático do aluno, mas não se concretiza como instrumento único e responsável pela qualificação deste.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. A presente Resolução incorpora, sob a ótica do indivíduo e das coletividades, referenciais da bioética, tais como, autonomia, não maleficência, beneficência, justiça e equidade, dentre outros, e visa a assegurar os direitos e deveres que dizem respeito aos participantes da pesquisa, à comunidade científica e ao Estado. Diário Oficial, Brasília, 12 dez. 2012.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

MORESI, E. Metodologia da pesquisa. Distrito Federal, 2003, 108 f. Monografia (Monografia apresentada ao Programa de Pós-Graduação stricto sensu em gestão do conhecimento e tecnologia da informação). Universidade Católica de Brasília. 2003.

Ministério da Saúde (BR). Conselho Nacional de Saúde. Diretrizes e normas regulamentadoras da pesquisa envolvendo seres humanos: Resolução nº 196/96.Brasília (DF): Ministério da Saúde; 1996.

ROGERS C. R. Liberdade de aprender em nossa década. 2a ed. Porto Alegre (RS): Artes Médicas; 1986.

SANTOS S. C. O processo de ensino-aprendizagem e a relação professor-aluno: aplicação dos “sete princípios para a boa prática na educação de ensino superior”. Cad Pesq Administração, 2001; 8(1): 69-75.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.