ASPECTOS MOTORES EM CRIANÇAS NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Matheus Pimentel Ferreira, Gabriela das Chagas Damasceno Sousa, Erisvan Demones Tavares

Resumo


nas tarefas escolares, pois sabe-se que déficits nesta área podem influenciar o avanço em tarefas relacionadas com aprendizagem em geral. Alguns estudos indicam forte relação entre as habilidades motoras e o desenvolvimento cognitivo. O objetivo deste estudo foi investigar se crianças com dificuldades de aprendizagem apresentam algum comprometimento motor no desenvolvimento dos componentes da motricidade (motricidade global e equilíbrio). Trata-se de uma pesquisa quantitativa, do tipo descritiva e de campo. Fizeram parte do estudo 54escolares com idades entre sete e onze anos matriculados no segundo ano do ensino fundamental da rede pública municipal de Quixeramobim/CE (Brasil). Na avaliação motora foi utilizada a Escala de Desenvolvimento Motor – EDM. Os testes que apresentaram melhores resultados foram: Motricidade Global (pé manco), equilíbrio de olhos vendados, representação de figuras (movimentos espelhados). Os testes que apresentaram piores resultados foram: Representação de figuras (executar o que se fala), equilíbrio de cócoras e equilíbrio na ponta do pé. A idade cronológica foi um dos fatores que mais influenciou os resultados do estudo, nomeadamente variáveis biológicas (estatura – r=0,32, p=0,05) e motoras (equilíbrio – r-0,32, p=0,05; motricidade global – r=-0,40, p=0,01). Significando assim que quanto maior a idade, melhor os índices de estatura. Contudo, pior os resultados de motricidade global e equilíbrio. Conclui-se que a relação da motricidade com a aprendizagem e confirmou dados de trabalhos recentes. É necessário ainda um aprofundamento em outros aspectos fazendo relação entre a aprendizagem e o nível de desenvolvimento individual por idade.

 


Texto completo:

PDF

Referências


FÁVERO, M. T. M.; CALSA, G. C. Desenvolvimento psicomotor e aprendizagem da escrita. Comunicação apresentada no seminário de pesquisa do programa de pós-graduação em educação, Maringá, Brasil, 2004.

FONSECA, V. Manual de observação psicomotora: significação psiconeurológica dos fatores psicomotores. Porto Alegre: Artes médicas, 1995.

GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebê, criança, adolescente e adulto. 3ed.São Paulo: Phorte, 2005.

MEDINA, P. J.; MARQUES, I. Avaliação do desenvolvimento motor de crianças com dificuldades de aprendizagem. Rev. brascineantropom desempenho hum, 12(1):36-42, 2010.

PIAGET, J. Seis estudos de psicologia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1998.

ROSA NETO, F. Manual de avaliação motora. Porto Alegre: Artmed, 2002.

WESTENDORP, M.; HARTMAN, E.; HOUWEN, S.; et al. A longitudinal studyongross motor development in childrenwithlearningdisorders. Res devdisabil, 35(2): 357-363, 2014.

MACHADO, Z.; KREBS, R. J.; PRESTES, J. D.; SANTOS, M. B.; BANTOS, J. O. L.; NOBRE, G. C.; RAMALHO, M. H. S. Crescimento físico e estado nutricional de escolares: estudo comparativo – 1997 e 2009. Revista brasileira de cineantropometria e desenvolvimento humano, 13(3), 216-222, 2011.




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.