ANÁLISE TIPOLÓGICA DOS PADRÕES ARQUITETÔNICOS DO QUILOMBO SÍTIO VEIGA

Glaudemias Grangeiro Júnior, Stephane de Sousa e Silva Maia, Acriziane de Freitas Lima, João Lucas Vieira Nogueira

Resumo


As análises tradicionais da arquitetura costumam dissecar o objeto arquitetônico enquanto obra isolada de seu contexto de criação cultural. Isto resulta na falta de compreensão dos processos de criação que produzem aquela arquitetura específica, levando somente à identificação de resultados estanques à rede de criação geradora. A análise tipológica dos padrões arquitetônicos das construções encontradas no Quilombo Sítio Veiga, com um olhar a partir de sua rede de criação cultural e não partindo de comparações com a história da arte dos países de centro, permite iniciar uma reflexão teórica que lança um novo olhar sobre a crítica e a história da arquitetura local. Esta reflexão se inicia com a identificação e caracterização dos elementos, relações e propriedades emergentes e insurgentes desta rede de criação, a partir de aproximações e levantamentos com meta na compreensão dos porquês processuais geratrizes de tais formas arquitetônicas.


Texto completo:

PDF

Referências


CARDOSO, Daniel Ribeiro. Desenho de uma Poiesis. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2011.

PINHEIRO, Amálio. Barroco, cidade, jornal. São Paulo: Intermeios, 2013.

SALLES, Cecília Almeida. Redes da Criação - construção da obra de arte. 2 ed. Vinhedo-SP: Editora Horizonte, 2006.

VIEIRA, Jorge de Albuquerque. Ontologia Sistêmica e Complexidade: formas de conhecimento - arte e ciência uma visão a partir da complexidade. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2008.

WEIMER, Günter. Arquitetura popular brasileira. 2ª ed. - São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012. - (Raízes).




ISSN: 2446-6042

© Unicatólica. Todos os direitos reservados.

Este sistema é mantido pelo Núcleo Educacional de Apoio Digital.